Jornal Folha da Mata - Viçosa / MG

Área do Usuário Assinar Cadastrar Entrar

policiais

Mandados de prisão temporária, busca e apreensão, foram emitidos em Viçosa e executados em diversas cidades da região.


Na manhã dessa quinta-feira, 20, a Polícia Federal deflagrou a operação intitulada “Viciosa”, com o objetivo de combater um esquema de contrabando de cigarros feitos por uma quadrilha que opera em diversos municípios da Zona da Mata, sendo Ubá, Viçosa e Ponte Nova os principais pontos de atuação dos criminosos.

Na operação dessa manhã, estão sendo cumpridos sete mandatos judiciais de prisão temporária e 28 de busca e apreensão em Cataguases, Coimbra, Dores de Turvo, Mercês, Ponte Nova, Rodeiro, Tocantins, Viçosa, Visconde do Rio Branco e Ubá. Todos expedidos pela Justiça Federal, em Viçosa. Durante a operação de hoje, já foram contabilizados e apreendidos mais de cem mil reais em dinheiro e cheques. Os presos serão levados para a penitenciária Nelson Hungria, onde permanecerão à disposição da Justiça. Se condenados, poderão cumprir até oito anos de reclusão.

Em Viçosa, até o fechamento desta matéria, os policiais já haviam cumprido mandados de busca e apreensão no Açougue e Mercearia Borges, na Rua dos Passos e de lá foram para o Bar do Zeca, que fica na rua Nossa Senhora das Graças, bairro Bom Jesus, em frente à 5ª Delegacia de Polícia Civil de Viçosa. Nos dois endereços foram apreendidos maços de cigarro contrabandeados.

bnar

Policiais Federais fizeram buscas em bares de Viçosa, um deles fica em frente a delegacia de Polícia Civil


 Investigação teve início em 2018

As investigações se iniciaram a partir de informações sobre o comércio ilícito de cigarros contrabandeados do Paraguai, que começaram a ser comercializados na região. Esse tipo de comércio é caracterizado como crime, e causa prejuízo a bens jurídicos da União, como a administração pública, a saúde pública, a economia e ao mercado de consumo. A Polícia Federal apurou que o esquema funcionou por vários anos, com a participação de fornecedores, distribuidores e clientes. Desde 2018, foram realizadas várias prisões em flagrante, quando os investigados transportavam ou guardavam cigarros ilícitos. Além das prisões, também já foram realizadas diversas apreensões de veículos que transportavam a mercadoria ilegal. Um desses veículos foi uma carreta carregada com cigarros contrabandeados, carregada com cerca de 646 mil maços, o que seria aproximadamente 13 milhões de cigarros.

carreta

Um dos veículos apreendidos durante as investigações da Polícia Federal foi essa carreta.


 

Autor: Folha da Mata

Leia outras notícias

Facebook

Como chegar

Jornal Folha da Mata

Endereço

Dr. Milton Bandeira, 160 - Sala 107 - Centro
Viçosa - MG
CEP: 36570-000

Telefone

(31) 3891-2883