MINAS

Minas Consciente: Governo de MG implanta Onda Vermelha mais restritiva

Cinco macrorregiões, incluindo a Leste do Sul – onde está Viçosa – foram classificadas em “momento crítico”


Publicado em: 03/06/2021 às 18:55hs

Minas Consciente: Governo de MG implanta Onda Vermelha mais restritiva

O Comitê Extraordinário Covid-19 definiu regras mais rígidas para municípios inseridos na Onda Vermelha do Plano Minas Consciente em cinco macrorregiões do estado, incluindo a Leste do Sul, onde Viçosa está inserida.

As localidades foram consideradas “em cenários epidemiológico e assistencial desfavoráveis, o que aponta para um momento crítico da pandemia”. Além da Leste do Sul, as macrorregiões do Triângulo do Sul, Oeste, Sul e Centro Sul, que já estavam na Onda Vermelha, devem adotar as novas medidas.

A partir de agora, municípios dessas regiões devem proibir o funcionamento de academias, clubes e salões de beleza, além das restrições para a realização de eventos e atrativos culturais e naturais. Bares e restaurantes tem horário de funcionamento presencial até às 19h e, após isso, apenas delivery sem retirada em balcão.

A Prefeitura de Viçosa ainda não anunciou se haverá mudanças na aplicação das normas em âmbito municipal. As mudanças nas regras da Onda Vermelha foram defendidas pela Secretaria Estadual de Saúde, que entende as diferentes realidades entres os municípios das regiões: “Dentro destas diferenças, ressaltamos a necessidade de medidas mais restritivas, ainda, para evitar o estresse do sistema de saúde”, explicou o secretário de Estado de Saúde, o médico Fábio Baccheretti. Segundo ele, o momento ainda é de incidência alta da covid-19 no estado.

O estado tem, atualmente, 11 macrorregiões na onda vermelha e três na amarela, fase intermediária do Minas Consciente, plano criado para a retomada gradual e segura das atividades econômicas. Segundo dados extraídos desta quinta-feira, extraídos às 7h50, 250 pacientes suspeitos ou confirmados para covid-19 aguardam por internação em leitos de UTI, em Minas Gerais.