MINAS

Eduardo Viana é eleito prefeito de Pedra do Anta

Em eleições suplementares realizadas no último domingo, chapa vencedora obteve 72% dos votos


Publicado em: 13/09/2021 às 15:46hs

Eduardo Viana é eleito prefeito de Pedra do Anta
Eduardo Viana e Robson Antonucci, eleitos em Pedra do Anta Foto: arquivo

Eleitores de Pedra do Anta escolheram, no último domingo, 12, os novos ocupantes dos cargos de prefeito e vice. Venceram o pleito Eduardo José Viana (PL) e Robson José Antonucci Pereira (PSDB), da coligação “Pedra do Anta para todos”, com 1.849 votos (72,23% dos votos válidos).

Em segundo lugar ficou a chapa da coligação “Renovação e Compromisso”, de Sebastião Pires Ribeiro Júnior (Juninho de Totim – PT), e vice André Lopes da Silva (PT), com 711 votos (27,77%). Foram contabilizados ainda 55 votos em branco (2,03%) e 96 votos nulos (3,54%). Dos 3.096 eleitores aptos a votar, 2.711 compareceram às urnas, o que representa um total de 87,56% do eleitorado local.

De acordo com a justiça eleitoral, a votação em Pedra do Anta ocorreu de forma tranquila, sem necessidade de substituição das 8 urnas eletrônicas utilizadas. Não foram registradas ocorrências policiais referentes ao pleito. A apuração foi concluída por volta das 18h40.
Os vencedores das eleições já tinham alguma ligação com o executivo. Eduardo foi vice-prefeito na chapa vencedora das eleições do ano passado, que tinha Sueli Sampaio (PSDB) à frente. E Robson teve 285 votos para vereador, sendo o mais votado e eleito presidente do legislativo. Ele ainda assumiu a prefeitura por um curto período, após a decisão judicial que retirou Sueli do cargo.

A ex-prefeita teve os direitos políticos suspensos após decisão da justiça estadual, por improbidade administrativa. Com isso, o registro da candidatura foi indeferido e Sueli, que venceu as eleições em novembro com 65% dos votos válidos, foi afastada do cargo.

A diplomação de Eduardo Viana (PL) e Robson Antonucci (PSDB) deve acontecer até o dia 30 de setembro. Só após esta etapa, os candidatos podem tomar posse, em cerimônia a ser definida pelo legislativo municipal.