CIDADE

Dois condenados pelo assassinato de Hortência

Hortência foi morta dentro deste salão de beleza, no bairro Santo Antônio, onde um homem entrou correndo, perseguido por um criminoso, armado, que chegou ao local atirando


Publicado em: 06/05/2022 às 16:00hs

Dois condenados pelo assassinato de Hortência

Aconteceu na última quinta-feira, 28 de abril, e se estendeu até a madrugada de sexta-feira, a audiência de Júri Popular a que foram submetidos os dois homens  acusados do assassinato de Hortência Sudário da Silva e da tentativa de homicídio de Júlio César Bonifácio, que tinham, ela 25 e ele, 21 anos no dia do crime, ocorrido em 4 de fevereiro de 2018, em um salão de beleza da rua João Batista da Costa, no bairro Santo Antônio, em Viçosa.

Breno foi condenado a 16 anos e 4 meses de prisão, enquanto  Tainário, a 22 anos e 2 meses, ambos em regime fechado, negando a eles o direito de recorrer em liberdade. Os dois já se encontravam encarcerados desde o dia 9 de fevereiro de 2018, quando foram presos por policiais civis de Viçosa, em operação que investigou o crime. 

O julgamento chegou a ser adiado por duas vezes.