BOLETIM COVID-19

Viçosa perde o jornalista Petrônio Fonsêca, do jornal O Popular

Petrônio havia acabado de se recuperar da Covid-19, estava livre do vírus, mas faleceu por insuficiência renal antes de receber alta.


Publicado em: 25/03/2021 às 13:03hs

Viçosa perde o jornalista Petrônio Fonsêca, do jornal O Popular

Viçosa perdeu um dos seus jornalistas em atividade mais antigos: Petrônio Pacheco da Fonsêca, diretor do Jornal "O Popular", faleceu na madrugada desta quinta-feira, 25.

Petrônio estava internado no Hospital São João Batista e a causa da morte está associada a uma insuficiência renal. Ele havia acabado de se recuperar da Covid-19 e chegou a ficar internado no CTI Covid por cerca de 15 dias. Após sua recuperação, teve alta da UTI e foi transferido para um leito de quarto. Nesta semana, o quadro de saúde do jornalista piorou e ele precisou novamente ser transferido para o CTI, onde faleceu na madrugada de hoje.

Aos 84 anos, Petrônio dedicou-se ao jornalismo por cerca de 60 anos e, desde 2004, mantinha o jornal impresso "O Popular", distribuído gratuitamente em Viçosa. Com notícias sobre cotidiano e política local, "O Popular" contribuiu para a popularização da informação na cidade. Petrônio era grande defensor da liberdade de imprensa e de opinião, contribuiu com outros jornais de Viçosa e de Minas, foi assessor de imprensa da Prefeitura de Viçosa na época do prefeito Antônio Chequer e era membro da Academia Viçosense de Letras desde 2014.