BOLETIM COVID-19

Prefeitura de Viçosa planeja ações de fiscalização do comércio

Departamento de Fiscalização e Vigilância Sanitária alinharam as ações nesta quarta-feira


Publicado em: 06/01/2021 às 13:53hs

Prefeitura de Viçosa planeja ações de fiscalização do comércio
Foto: DCM/PMV

Os setores de Fiscalização e de Vigilância Sanitária, da Prefeitura de Viçosa, se reuniram nesta quarta-feira, 6, para alinhar as ações de vistorias dos estabelecimentos comerciais. O encontro realizado na manhã de hoje contou com a participação dos fiscais da prefeitura.

A medida ocorre após o município de Viçosa ser enquadrado na onda amarela, do programa Minas Consciente. O prefeito Raimundo Nonato (PSD) assinou o decreto nº 5.608/2020, regulamentando a alteração válida entre os dias 2 a 8 deste mês.

Na prática, o novo gestor municipal voltou a seguir as recomendações para a microrregião de Viçosa, composta por nove municípios. Em dezembro, o ex-prefeito Ângelo Chequer mudou a forma de adesão, seguindo as orientações para a macrorregião Leste do Sul, que continua na onda vermelha.

A fiscalização será reforçada, principalmente nos bairros mais afastados. De acordo com a chefe do Departamento de Fiscalização, Layra Santos, o trabalho dos fiscais na orientação e conscientização é de extrema importância, bem como as vistorias e fiscalizações realizadas.

Na onda amarela podem funciona: 

- Bares (consumo no local);

- Autoescolas e cursos de pilotagem;

- Salões de beleza e atividades de estética;

- Comércio de eletrodomésticos e equipamentos de áudio e vídeo;

- Papelarias, lojas de livros, discos e revistas;

- Lojas de roupas, bijuterias, joias, calçados, e artigos de viagem;

- Comércio de itens de cama, mesa e banho;

- Lojas de móveis e lustres;

- Imobiliárias;

- Lojas de departamento e duty free;

- Lojas de brinquedos;

- Academias (com restrições);

- Agências de viagem;

- Clubes.