BOLETIM COVID-19

Covid-19 faz mais vítimas em Viçosa entre mulheres idosas

Folha da Mata traz estatísticas sobre as 51 vidas perdidas para a doença no município


Publicado em: 08/04/2021 às 12:00hs

Covid-19 faz mais vítimas em Viçosa entre mulheres idosas

Na semana em que o município ultrapassa a triste marca de 5 mil casos confirmados de Covid desde o início da pandemia e o Brasil continua registrando altos índices de casos e óbitos causados pela doença, o jornal Folha da Mata faz um balanço das 51 pessoas de Viçosa que perderam a batalha contra o vírus. Os dados foram retirados dos boletins epidemiológicos divulgados pela Secretaria de Saúde da Prefeitura de Viçosa, ondem constam somente as informações básicas sobre os óbitos, sem a divulgação dos nomes e outros dados pessoais.

grafico-mes
SEXO E IDADE

As mulheres são as maiores vítimas do coronavírus em Viçosa. Do total de registros, 30 vítimas são do sexo feminino e 21 são homens.

O grupo de risco de idosos continua sendo o mais vulnerável à intensidade mais letal da doença e corresponde por 88% das mortes no município. Só a faixa etária entre 71 e 80 anos concentra 15 registros de óbitos. A expectativa é de que a prioridade da campanha de vacinação para esta faixa etária comece a reduzir o número de casos graves que podem levar à morte.

graficos-obitos

A pessoa mais velha a falecer por Covid foi uma idosa de 94 anos. Ela esteve internada na UTI por 06 dias e no boletim do dia 03 de março, dia do registro oficial, foi informado que a causa da morte foi pneumonia e a infecção pelo coronavírus.

Já a viçosense mais jovem a perder a vida para a Covid-19 foi Kelly Rodrigues, de apenas 30 anos. Ela estava grávida de sete meses e esteve internada por duas semanas no Hospital São Sebastião. A bebê também não resistiu às complicações causadas pela doença. Kelly não possuía comorbidades e era profissional de educação física, mas precisou de suporte respiratório e chegou a ser intubada.

Além de Kelly, outras 5 pessoas que morreram com Covid-19 tinham menos de 60 anos de idade: duas mulheres, com 41 e 44 anos e três homens, com 43, 51 e 59 anos.

Sabemos que a perda representa muito mais que estatísticas e números. O jornal Folha da Mata lamenta todas as vidas perdidas pela doença e se solidariza com as famílias enlutadas.