Jornal Folha da Mata - Viçosa / MG

Área do Usuário Assinar Cadastrar Entrar
Segunda etapa de contenção na Av. Castello Branco termina segunda, 15

Foi iniciado na última sexta-feira, 5 a segunda etapa das obras de contenção do barranco que margeia a Av. Castello Branco, a cerca de 100 metros da rodoviária de Viçosa, onde um deslizamento ocorrido no dia 13 de novembro, interditou o trânsito na principal via de chegada e saída da cidade. Após três semanas de intensos serviços, que incluíram a construção de cinco taludes e retirada de centenas de caminhões de terra, a Prefeitura liberou o local para o trânsito na final da semana passada e iniciou as novas etapas previstas visando a contenção do barranco.
Os trabalhos ora realizados são a revegetação de toda área dos cinco taludes construídos, com uso de uma técnica denominada hidro-semeadura que consiste no plantio de sementes protegidas (50 por m²); e, em seguida, vem aplicação de biomanta antierosiva, a fim de proteger a área contra erosões e garantir as condições necessárias para a germinação das sementes em toda a encosta, formando uma espécie de manta protetora dos taludes construídos, contra a ação das intempéries.
A empresa responsável pela revegetação é a Defesa Florestal Ltda., de Belo Horizonte, vencedora do processo licitatório 3016/2017, ocorrido em 20 de dezembro. Na licitação está previsto um total de 16.000 m² de área revegetada com valor no montante de R$ 95 mil. Entretanto no local será necessário a aplicação de aproximadamente 7.000 m² dos serviços, totalizando um valor de R$ 42 mil. De acordo com o secretário de Obras, Luís Vinicius de Castro Rangel, “os outros 9 mil m² ficarão de saldo para serem usados em caso de futura necessidade”. A finalização desta segunda fase está prevista para segunda-feira, 15.
Já a terceira e última parte dos serviços de contenção, que também já foi iniciada, é composta da construção das canaletas e escada hidráulica para captação de águas pluviais em toda extensão dos taludes, bem como a impermeabilização das “cristas” de cada talude, sendo que após os serviços de escavação e nivelamento será realizada a concretagem das estruturas, a cargo da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos. A finalização de terceira e última etapa está prevista para o final de janeiro.
A via interditada foi 13 de novembro quando uma forte chuva fez com que a encontra deslizasse, cobrindo parte considerável da pista, atrapalhando o tráfego de veículos no principal trecho de chegada da cidade.
Durante o período, o tráfego de veículos leves foi desviado para a Via Alternativa, entrada da UFV, enquanto para caminhões e ônibus coletivos municipais e intermunicipais, o corredor de trânsito era a avenida Joaquim Lopes de Faria, bairro Santo Antônio.
A previsão inicial era que as obras para liberação do trecho durassem até o início de dezembro; no entanto, devido às fortes chuvas ocorridas, foi estendido por mais três semanas.

 

Autor: Folha da Mata

Leia outras notícias

Facebook

Como chegar

Jornal Folha da Mata

Endereço

Dr. Milton Bandeira, 160 - Sala 107 - Centro
Viçosa - MG
CEP: 36570-000

Telefone

(31) 3891-2883