Jornal Folha da Mata - Viçosa / MG

Área do Usuário Assinar Cadastrar Entrar
Saae presta esclarecimentos na Câmara sobre o problema do lixo em Viçosa

O diretor de Limpeza Pública do Saae, Martinho de Almeida e Silva Junior esteve na Câmara Municipal, na última terça-feira, 20, onde prestou esclarecimentos sobre a limpeza pública na cidade.
Ele disse que um projeto para a reciclagem diária do lixo em Viçosa será implantando em 2018. Atualmente isso somente acontece em alguns bairros da cidade e em dias alternados.
Ele foi questionado sobre a não realização da capina química e disse que ela não é regulamentada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), mas que está sendo feito um estudo para que, de forma racional, ela possa ser utilizada em Viçosa sem trazer prejuízos a ninguém.

Contêineres
Martinho informou ainda que aos poucos os contêineres espalhados pela cidade serão retirados de circulação. Segundo o diretor, os contêineres estimulam a desobediência ao horário da coleta e acabam se transformando em depósitos de lixo, situação totalmente contrária ao seu objetivo que é o de armazenar o lixo até a chegada do caminhão coletor.
Os contêineres serão substituídos por ganchos metálicos, que serão disponibilizados pelo Saae, para que em cada residência as sacolas com o lixo doméstico fiquem dependuradas até o recolhimento pelos funcionários da autarquia. Essa alternativa já está sendo utilizada pelos moradores de Nova Viçosa, Cachoeira de Santa Cruz e São José do Triunfo, como projeto piloto, e deverá ser estendida a todos os bairros da cidade.
Finalizando a sua participação na Câmara, Martinho Junior disse que a intenção do Saae é a implantação da coleta do lixo doméstico de porta a porta e não mais através dos contêineres, tambores e lixeiras. Outro assunto que vem sendo debatido internamente no Saae é a terceirização do serviço de limpeza pública, no futuro. Estudos neste sentido estão sendo feitos na autarquia.

Lixo desafia o Saae
Um dos muitos desafios que o Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Viçosa (Saae) enfrenta diariamente é cuidar da coleta do lixo em toda a cidade.
Diariamente são coletadas 55 toneladas de lixo e esse número salta para 88 toneladas aos finais de semana, uma vez que o lixo não é recolhido nos sábados à tarde e durante o dia todo nos domingos e feriados.
O grande problema é que as pessoas, muitas vezes e por vários motivos, não conseguem colocar o lixo para fora de suas residências próximo aos horários de coleta.
Segundo o diretor de Limpeza Pública do Saae, Martinho de Almeida e Silva Junior, a coleta domiciliar de lixo em Viçosa acontece de segunda a sexta-feira e aos sábados pela manhã. Nos domingos e nos feriados a coleta não é feita, exceto quando o feriado cai em uma segunda-feira, por exemplo. Nesse caso, para não ficar três dias sem o recolhimento e evitar o acúmulo, o Saae disponibiliza o serviço extraordinariamente. “É muito importante respeitar os dias e horários da coleta pública de lixo e, para evitar problemas, as pessoas devem ficar atentas a isso e colocar o lixo para fora somente no momento certo. No caso de dúvidas quanto ao horário da coleta em sua rua, o morador deve entrar em contato com o Saae para saber certinho do momento da passagem do caminhão”, disse o diretor.
De acordo com Martinho, o lixo é coletado uma vez por dia a exceção dos locais onde estão concentrados bares e restaurantes, onde a coleta é feita em duas etapas para se evitar o derramamento do chorume pelas ruas.
Ao todo são cinco caminhões fazendo as rotas pela cidade com 34 pessoas trabalhando na coleta de lixo convencional. São 89 funcionários distribuídos na coleta, no aterro, na roçassão e na varrição. Somente no centro da cidade são disponibilizados 15 varredores, os demais são distribuídos pelos bairros.

 

Autor: Folha da Mata

Leia outras notícias

Facebook

Como chegar

Jornal Folha da Mata

Endereço

Dr. Milton Bandeira, 160 - Sala 107 - Centro
Viçosa - MG
CEP: 36570-000

Telefone

(31) 3891-2883