Jornal Folha da Mata - Viçosa / MG

Área do Usuário Assinar Cadastrar Entrar
Prefeitura de Viçosa promove neste sábado (1º) a Hora do Mamaço

Agosto é o mês de mobilização sobre o aleitamento materno e como parte do encerramento da campanha Agosto Dourado, a Secretaria de Saúde de Viçosa, vai promover no próximo sábado (01), A Hora do Mamaço. O evento acontecerá na praça Silviano Brandão, de 8h as 12h, e é aberto ao público.

Segundo a SMS o principal objetivo da Hora do Mamaço é alertar para a importância da amamentação e os benefícios diversos que ela proporciona para mães e filhos, além de oferecer orientações a respeito dos cuidados necessários para um aleitamento adequado. Para isso, serão montadas tendas, onde profissionais da saúde oferecerão atendimento gratuito a todos os interessados.

Integrantes do Núcleo de Apoio a Saúde da Família (NASF); membros do Banco de Leite Humano do Hospital São Sebastião; agentes de saúde de diversas Unidades Básicas de Saúde do município; fisioterapeutas; psicólogos; assistentes sociais; enfermeiros e nutricionistas estarão presentes para esclarecer dúvidas e orientar as mães e respectivas famílias sobre os assuntos relativos à amamentação.

A Hora do Mamaço

Durante o evento, haverá a “Hora do Mamaço”, momento em que mães serão convidadas a amamentar seus filhos em conjunto. O objetivo é mostrar que a amamentação é uma prática natural e extremamente necessária e benéfica. Desta forma, não pode ser vista como tabu ou com conotação sexual. As mães não devem se sentir constrangidas em alimentar seus filhos e devem ser respeitadas em qualquer lugar.

Benefícios da amamentação

Pesquisas médicas apontam que os benefícios do aleitamento materno são inúmeros. Para as mães, a amamentação contribui para a recuperação do útero, diminuindo o risco de hemorragia e anemia após o parto, e minimiza o risco de desenvolver câncer de mama e de ovário, doenças cardiovasculares e diabetes, dentre outros benefícios.

Para os bebês, além de ser de fácil digestão, o leite humano provoca menos cólicas e, além disso, o ato de mamar colabora para o desenvolvimento da arcada dentária, da fala e da respiração.

A nutricionista Rafaela Fonseca destaca ainda que o leite materno tem uma quantidade específica de substâncias necessárias por período de lactação da criança e tudo que um bebê precisa até os 6 meses de idade está presente no leite materno, dispensando assim a ingestão de água e de qualquer outro tipo de alimento nesta idade.

De acordo com a pediatra Mirene Peloso, “O elemento mais importante presente no leite materno e que nenhuma outra fórmula ou tipo de leite possui são os anticorpos. Eles são substâncias que protegem o organismo do bebê de vários tipos de doenças e infecções que podem ser letais nessa faixa etária.”.

Orientação profissional

Mirene Peloso recomenda que as orientações para uma amamentação de sucesso devem começar no acompanhamento pré-natal, evitando assim práticas prejudiciais. Isso porque amamentar é um ato natural, mas algumas situações devem ser aprendidas e grande parte das dificuldades podem ser superadas com o apoio de um profissional competente. Por exemplo: não se deve estimular os seios durante a gravidez, fazendo a higiene com bucha vegetal, passando cremes ou óleos por exemplo.

A pediatra também destaca que são muito raras as situações em que o aleitamento materno é contraindicado. Essas situações se restringem principalmente a doenças maternas graves e ao uso de medicamentos pela mãe que são incompatíveis com o aleitamento e que vão trazer prejuízos ao bebê. Doenças como AIDS, tumores cancerígenos em estágio terminal, tratamentos tireoidianos, dentre outros. Nesses casos, a família deve procurar orientação médica.

Sobre isso, a nutricionista Rafaela Fonseca fala que na impossibilidade de a criança alimentar-se com o leite materno, ela precisa tomar as chamadas fórmulas infantis, para bebês de 0 a 6 meses, compradas em farmácias de confiança. De acordo com a nutricionista, outros tipos de leite de origem animal e vegetal são altamente alergênicos, podem causar diarreia, anemia e outras complicações.

Banco de Leite Humano de Viçosa

No estado de Minas Gerais, apenas treze municípios contam com Bancos de Leite Humano. Em Viçosa, desde 2005, o Hospital São Sebastião possui este setor que funciona em parceria com a Prefeitura de Viçosa e a Universidade Federal de Viçosa, atendendo a população da cidade e da microrregião.

O Banco de Leite funciona todos os dias de 7h às 11h e de 13h30 às 16h, contando com uma equipe de nutricionistas e técnicas de enfermagem, e todas as atividades realizadas são controlados pela Fundação Fio Cruz, localizada no Rio de Janeiro.

O setor oferece auxílio ao tratamento de problemas mamários como fissuras mamilares, ingurgitamento e mastite puerperal, além de outras dificuldades no aleitamento. Também é feita a coleta de leite para doação exclusiva a recém-nascidos internados na UTI Neonatal.

De acordo com Rafaela Fonseca, nutricionista do Banco de Leite Humano de Viçosa, o hospital realiza em média 140 partos por mês, mas atualmente apenas 17 mulheres são doadoras na cidade. Por este motivo, é frequente a falta de leite materno para os bebês da UTI e por isso também a impossibilidade de doação para outras finalidades.

Doação de leite

Para ser doadora de leite é preciso estar amamentando; não estar em uso de bebida alcoólica, cigarros ou medicamentos contraindicados ao aleitamento; e estar em dia com os exames de pré natal, tais como: teste de HIV, sífilis e hepatite. Além de não ter feito transfusão sanguínea nos últimos 12 meses.

De acordo com Rafaela, a maioria das mulheres está apta a doar leite mas não o faz por medo de faltar para os próprios filhos. Quanto a isso, a nutricionista esclarece que na verdade, quanto mais leite as mães tiram, mais leite elas produzem.

O banco de leite oferece coleta domiciliar e todo o material necessário para as mães doadoras. Para doar é necessário apenas que as mulheres estejam com as mãos e seios limpos e utilizem touca no cabelo e máscara, para evitar a contaminação do leite.

Doar leite é um ato de amor e ajuda a salvar a vida de muitas crianças. Seja doadora! O Banco de Leite Humano de Viçosa fica no Hospital São Sebastião, na rua Tenente Kummel, número 36, Centro. Telefone para contato: (31)3899-8350.

Autor: Folha da Mata

Leia outras notícias

Facebook

Como chegar

Jornal Folha da Mata

Endereço

Dr. Milton Bandeira, 160 - Sala 107 - Centro
Viçosa - MG
CEP: 36570-000

Telefone

(31) 3891-2883