Jornal Folha da Mata - Viçosa / MG

Área do Usuário Assinar Cadastrar Entrar
Falta de repasses cria problemas para o Ceae

O Centro Estadual de Atenção Especializada (Ceae), de Viçosa, antigo Centro Viva Vida Hiperdia, continua passando por problemas sérios de ordem financeira por falta de repasse de recursos pelo Governo de Minas.
É o que afirma o superintendente de Gestão Pública e Governança, Luciano Piovesan. Segundo Piovesan, o órgão corre o risco de encerrar as suas atividades porque desde o final do ano passado não recebe dinheiro do Estado.
Segundo Piovesan, o último envio de verba ao Ceae aconteceu em outubro de 2017 e até agora o Centro vem se mantendo por conta própria. “O problema é que o caixa do órgão só dispõe de R$30 mil e a entidade está na iminência de fechar suas portas, pois, só com a folha de pagamento de pessoal e encargos a despesa gira em torno de R150 mil. Além disso, gastos com a manutenção de equipamentos, aquisição de materiais e outras necessidades da unidade também aumentam essa conta”.
Piovesan afirma que a dívida do Governo de Minas ultrapassa a casa dos R$600 mil, valores referentes à metade do último quadrimestre de 2017 e ao primeiro quadrimestre deste ano e ainda de acordo com Luciano, a fase ruim não é vivida somente pelo Ceae de Viçosa. Os outros 18 Centros distribuídos pelo Estado estão passando pelas mesmas necessidades.
O governo, alegou por sua vez, por meio de sua assessoria, na Internet, que a situação de calamidade financeira decretada no Estado tem feito com que alguns repasses sejam atrasados, mas que os esforços está sendo dispensados para cumprir compromissos pactuados.
Diz o documento que “a solicitação de pagamento do Centro Estadual de Atenção Especializada (Ceae) de Viçosa foi realizada no dia 12 de março de 2018, e que o recurso será depositado assim que houver disponibilidade financeira”.

 

Autor: Folha da Mata

Leia outras notícias

Facebook

Como chegar

Jornal Folha da Mata

Endereço

Dr. Milton Bandeira, 160 - Sala 107 - Centro
Viçosa - MG
CEP: 36570-000

Telefone

(31) 3891-2883