Jornal Folha da Mata - Viçosa / MG

Área do Usuário Assinar Cadastrar Entrar
Escola de Tempo Integral

A construção da Escola de Tempo Integral em Novo Silvestre, anexa ao Centev, orçada em R$ 2.743.374,00, e que está a cargo da empresa Vida Nova Construtora e Incorporadora Ltda, de Belo Horizonte, ainda não saiu do papel. A data de início, estampada na placa de identificação da obra, estava marcada para 6 de junho último, mas nada ainda foi feito, a não ser o despejo de vários caminhões de terra no local onde será feita a construção. O prazo informado para a conclusão dos trabalhos é de nove meses, mas segundo informações da Prefeitura, eles ainda não começaram porque a FNDE (Fundação Nacional de Desenvolvimento da Educação) ainda não liberou o recurso financeiro.
Depois de pronta a escola terá oito blocos de construção, com 12 salas de aulas, biblioteca, auditório, laboratórios de informática e ciências, grêmio estudantil, cozinha, refeitório, pátios internos, quadra coberta e vestiários.
De acordo com a Prefeitura, toda a estrutura será bem utilizada com atividades extracurriculares que vão contribuir para o desenvolvimento pedagógico dos alunos e o bem-estar social das famílias. A nova escola deve, ainda, suprir a demanda de vagas na atual estrutura da rede, sobretudo em relação ao atendimento às crianças de 4 e 5 anos.

Pedro Gomide
Na Escola Municipal Pedro Gomide Filho, no bairro Santa Clara, as obras de ampliação estão em fase final.
O processo licitatório que declarou vencedora a empresa Arcoverde Engenharia e Projetos Ltda, a um custo de cerca de R$ 279 mil, previu a construção de três salas de aula, uma sala multifuncional, sanitários masculino e feminino, cobertura da rampa de acesso que interligará a área nova à antiga, tudo perfazendo um total de 262,5m² de obras. Atualmente a escola possui área de 492m² e com a ampliação passará para 754,5m², 54% a mais. A previsão de conclusão de todos os trabalhos é para o início do mês de novembro próximo.
O superintendente de Gestão Pública e Governança Luciano Piovesan esteve na escola e prometeu à diretora Tânia Maria Diogo Pierre, mais investimentos para o ano de 2018. Disse também que os investimentos na Pedro Gomide Filho fazem parte da Agenda Positiva 2017, anunciada pela Prefeitura. Luciano ressaltou o empenho do vereador Helder Evangelista para a realização do empreendimento.

Pró-Infância
Já as obras da Creche Pro-Infância, anexa à Praça Municipal de Esportes (antiga AEV), em Viçosa, que estão sendo executadas pela empresa Vida Nova Construtora e Incorporadora, de Belo Horizonte, seguem em ritmo acelerado e devem ser concluídas em abril de 2018.
A creche - com capacidade de atendimento de até 188 crianças, em dois turnos (matutino e vespertino), ou 94 crianças em período integral - terá 890 m² de área construída e 586 m² de área aberta. A previsão de seu custo final é de R$ 945 mil.
O prefeito Ângelo Chequer, ao assinar o contrato com a empreiteira em 14 de abril último, lembrou que o recurso foi garantido ainda em janeiro de 2016, quando em uma visita ao MEC (Ministério da Educação) foi recebido pelo então secretário e ex-reitor da UFV, Luiz Cláudio Costa, que oficializou a viabilização de recursos para a educação do município.
No caso da creche que está sendo construída na antiga AEV, apesar da fiscalização estar a cargo da engenheira da Secretaria Municipal de Obras, Luíza Lopardi Nicolato, a quem foi encaminhado um e-mail pedindo informações sobre o andamento da obra, a reportagem do Folha da Mata não obteve sucesso porque, segundo outro engenheiro do setor, as informações deveriam ser solicitadas ao superintendente de Gestão Pública e Governança da PMV, Luciano Piovesan.

 

Autor: Folha da Mata

Leia outras notícias

Facebook

Como chegar

Jornal Folha da Mata

Endereço

Dr. Milton Bandeira, 160 - Sala 107 - Centro
Viçosa - MG
CEP: 36570-000

Telefone

(31) 3891-2883