Jornal Folha da Mata - Viçosa / MG

Área do Usuário Assinar Cadastrar Entrar
Campanha de Vacinação contra gripe é prorrogada pela segunda vez

O Ministério da Saúde (MS) anunciou a prorrogação da Campanha de Vacinação contra a Gripe, para o dia 22 de junho. O objetivo é alcançar a meta de 90% do público prioritário determinado para a imunização, índice não alcançado na primeira data-limite da Campanha (30 de maio) nem na segunda (15 de junho). A campanha foi iniciada em 23 de abril.

Com esta segunda prorrogação, de 8 dias, o MS espera que as pessoas dos grupos que integram o público-alvo da campanha, que ainda não se vacinaram, procurem os postos de saúde para se prevenirem contra a gripe ou Influenza, causa de dezenas de morte em todo o país este ano.

Em Viçosa

Em Viçosa, conforme balanço da semana divulgado pelo setor de imunização da Secretaria Municipal de Saúde, os grupos que ainda não atingiram a meta de vacinação são os das crianças de 0 a 5 anos e gestantes, os quais não foram, até então, além dos 70,45% e 83,62%, respectivamente.

Já ultrapassaram a meta prevista os trabalhadores em saúde, com índices de cobertura de 115,72% vacinados, e as mulheres pós-parto com 123,81%, idosos, 104,72% e professores, 90,02%. O número registrado, em Viçosa, até o último dia 12 de junho, supera a vacinação nacional (77,66%) e a estadual (84,95%) Ponte Nova, sede da Gerência Regional de Saúde, já imunizou 93,34% do seu público alvo.

Segundo a coordenadora do Setor de Imunizações e Campanhas, Ivone de Freitas, o cartão de vacina deve sempre ser apresentado no momento da vacinação. Ela disse também que além da gripe, outras vacinas em atraso estão sendo disponibilizadas. De acordo com o Setor de Imunizações e Campanhas da Secretaria Municipal de Saúde de Viçosa, foram aplicadas 14.484 doses, o que significa de 95,27% da população viçosense foram imunizados na campanha de vacinação contra a gripe promovida este ano pelo Ministério da Saúde com apoio das secretarias estaduais e municipais.

Locais de vacinação

Até o dia 22, a vacina está sendo oferecida nos PSF’s (nos bairros e distritos) e na Sala de Vacinas da Policlínica (antigo Centro de Saúde da Criança e da Mulher) no horário das 8 às 17 horas, para as crianças de 6 meses a menores de 5 anos, gestantes (em qualquer idade gestacional), puérperas (mulheres com até 45 dias pós parto), trabalhadores de saúde, professores (rede pública e privada); idosos acima de 60 anos; e doentes crônicos (com comprovação através de receita médica contendo a prescrição e o diagnóstico).

Outras informações podem ser obtidas na Sala de Vacinas, pelo telefone (31)3892-7657.

Eficácia da vacina

Algumas pessoas não estão se vacinando por terem receio da vacina. O ato de não se imunizar expõe a população aos riscos de complicações da doença, principalmente os grupos prioritários.

“A vacina da gripe absolutamente segura e possui uma eficácia de 95 a 98% e o índice de reação é de apenas 1%. É fundamental que as pessoas se imunizem para ficarem protegidas das eventuais complicações que a doença pode ocasionar”, diz Janaína Almeida.

Disponibilidade para demais grupos

A partir do dia 22 de junho, caso haja disponibilidade, a vacina também será ofertada para as crianças de cinco a nove anos e adultos entre 50 e 59 anos. No entanto, é importante que municípios continuem na busca ativa dos não vacinados pertencentes aos grupos prioritários.

Casos de Gripe em Minas Gerais

No Brasil, há três vírus principais da gripe em circulação: o influenza A/H1N1, o influenza A/H3N2 e uma variante do influenza B. Até o momento, Minas Gerais registrou 105 casos de influenza e 23 óbitos. Por esse motivo é importante reforçar que a vacina disponibilizada pelo Sistema Único de Saúde (SUS) é trivalente e protege contra esses três principais vírus.

Autor: Folha da Mata

Leia outras notícias

Facebook

Como chegar

Jornal Folha da Mata

Endereço

Dr. Milton Bandeira, 160 - Sala 107 - Centro
Viçosa - MG
CEP: 36570-000

Telefone

(31) 3891-2883