ELEIÇÕES 2020

É falsa a notícia de que o TRE irá anular as eleições em Viçosa

Fake news está sendo divulgada na rede social Whatsapp


Publicado em: 20/11/2020 às 14:14hs

É falsa a notícia de que o TRE irá anular as eleições em Viçosa
Foto: Reprodução/Whatsapp

O candidato Raimundo Nonato Cardoso (Raimundo Violeira – PSD) foi eleito prefeito de Viçosa com 13.436 votos (34,26%). No entanto, o resultado parece não ter agradado algumas pessoas que estão espalhando “fake news” pelo WhtasApp, afirmando que o TRE/MG (Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais) irá cancelar a votação do último domingo, 15.

A mensagem que começou a circular nesta semana conta com um link falso atribuído ao portal G1, da Rede Globo, e a seguinte afirmação: “TRE-MG anula eleição em Viçosa-MG, devido a falha no sistema de apuração dos votos. Será designada nova data para a realização da nova Eleição Municipal”. No portal do G1 não consta nenhuma matéria deste tipo.

O Cartório Eleitoral de Viçosa informou que a mensagem é improcedente e não há nenhum tipo de processo referente a falha na apuração que possa levar a anulação dos resultados do último domingo. 

Em nota técnica, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou que o atraso na divulgação dos resultados foi de aproximadamente 2h30min. “ A lentidão foi ocasionada por recurso de inteligência artificial existente em um otimizador do banco de dados Oracle, que garante o processamento veloz”.

Boletins de Urna

Os Boletins de Urna (BU’s) asseguram a legitimidade do último pleito, já que o documento emitido pela urna eletrônica possibilita a consulta dos votos que cada candidato recebeu em determinada seção. Segundo o Cartório Eleitoral, é através dos BU’s que os veículos de comunicação e partidos conseguem apurar os votos de cada seção.